afinidades

Nunca cometi uma traição tão descarada com um livro. Comecei anteontem a ler “O Mapa e o Território” de Michel Houellebecq, estava nas primeiras páginas porque estou a ler um ensaio em simultâneo, quando dei de caras com “A Casa do Sono” de Jonathan Coe. Abri-o e ainda não parei de o ler. Lamento “O Mapa e o Território” mas vais ter de esperar, foste trocado por uns dias.

Detesto e adoro quando me adivinham de uma forma tão acertada. Não foi a primeira vez.

One thought on “afinidades

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s