experiências

Tentativa e erro. Sigo em linha recta, às vezes aos ziguezagues, balanço, perco o equilíbrio, firmo os pés e aguento, sustenho a respiração, emociono-me, retomo a direcção, em linha recta, às vezes aos ziguezagues. Nunca regresso à posição de partida, avanço. Tentativa e erro. Sinto a leveza, sorrio, respiro melhor. Estranho, entranho, vivo. Inspiro novamente e sabe bem.

Das leituras: acabei o “Mapa e o Território” e, posso agora dizer, que ultrapassou o “Partículas Elementares” na minha lista de preferências dos livros de Houellebecq. “O Corpo como Arte”de Don DeLillo vai a meio e está a revelar-se um belo livro.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s