embaciada

Vi o dia inteiro projectado em vidros embaciados. Um ecrã húmido, fosco e líquido. Enquanto leio Sylvia Plath “como se não houvesse amanhã” persegue-me uma banda sonora aguada, compassada, escorregadia. Reconforto-me com um chá quente e um cigarro. Deixo-me embalar ao som de A Winged Victory for the Sullen, com a certeza de ficar ainda mais melancólica. Ouço a chuva, ouço a música e deixo-me levar pelas águas.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s