seminal

IMG_3105

Da importância de um livro (neste caso, também de um autor):

Regressar a leituras passadas, pensar leituras presentes, chegar a novas leituras, pelo caminho, clareza absoluta e crítica (deveria dizer, crítica “a sério”!), essencialmente “pôr a cabeça e o espírito a trabalhar”, que é algo que faço sempre com prazer.

Dentro dele, o melhor ensaio que li sobre Luiza Neto Jorge.

Nota 1: preciso mesmo de encontrar este livro.

Nota 2: um agradecimento especial, a quem me fez chegar a ele.

“Os Dois Crepúsculos” de Joaquim Manuel Magalhães, edição Regra do Jogo 1981.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s