livre

IMG_3265

Foi uma das melhores descobertas de há uns meses atrás este livro da Averno, lê-lo repetidamente e fazer-me pleno sentido, perceber que por essa razão, onde cabem tantas outras, tenho de o dar.

17.(interior/exterior)

respiro, bebo. o sol que baixa projecta o meu fantasma na porta
fechada. sobre a mesa amontoam-se os planos de uma outra casa,
de outras cidades, e já é tarde. acendem-se os candeeiros públicos,
a escuridão entranha-se na mesa e nos papéis com os mapas das
viagens. é difícil distinguir, enquanto o fantasma de SJ se junta ao
meu, onde terminam os dedos e começam os cabelos, agora estamos
seguros, num espaço sem centros exteriores a nós próprios, à deriva
na noite. ignoramos que tudo à nossa volta se move, em todas as
direcções. e no entanto, sem deixarmos nunca de acreditar no livre
arbítrio, mesmo que apenas como um último recurso.

“Livre Arbítrio” de Tiago Araújo, Averno 2009

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s